segunda-feira, 26 de junho de 2017

GOSEI SENTAI DAIRENJA

título original: Gosei Sentai Dairenja
título brasileiro: inexistente (inédito no Brasil)
ano de lançamento: 1993
país: Japão
elenco principal: Ei Hamura, Hisashi Sakai, Keichi Wada, Keisuke Tsuchiya, Natsuki Takahashi, Tatsuya Nomi
direção: Shohei Tojo
roteiro: Noboru Sugimura

Em 6000 a.C., existia uma próspera e pacífica cidade no interior da China. Mas, uma seita chamada Goma, que controlava um poder mágico chamado Yu, atacou a cidade e só parou quando o povo se curvou diante deles.
Um grupo de 5 guerreiros se ergueram contra Goma, formando um grupo chamado Gosei Sentai Dairenja. E controlando a energia Qi (o principal poder benéfico do Taoismo), de fato eles conseguiram fazer frente a Goma.
Ninguém nunca soube ao certo como essa guerra acabou, mas tanto Dairenja quanto Goma deixam de ser mencionados a partir de um determinado ponto da História...
No final do século XX, Goma reapareceu no Japão tão repentinamente quanto tinha desaparecido na China. E agora com a intenção de escravizar toda a Humanidade.
Pra impedir isso, o misterioso Mestre Kaku consegue localizar 5 descendentes dos antigos membros de Dairenja. E vendo que todos eles herdaram o controle do Qi dos seus antepassados, ele forma um novo esquadrão Dairenja em 1993.
A guerra que começa a partir daí não é apenas entre Dairenja e Goma, mas também entre as energias Qi e Yu.

Gosei Sentai Dairenja se diferencia dos outros sentais por alguns detalhes do seu desenrolar...
O principal é a menor quantidade de monstros ocasionais: vários monstros aparecem em mais de 1 capítulo (na maioria dos sentais, os monstros quase sempre aparecem e morrem no mesmo capítulo e não voltam a aparecer depois).
Também podemos destacar a saída de alguns personagens fixos e a entrada de outros a qualquer momento do seriado (na maioria dos sentais, isso acontece mais de 15 em 15 capítulos, ou numa média próxima disso).
Aqui também não se dá tanta importância a 1 vilão específico. Cada vilão tenta pegar os heróis sozinho por várias vezes e os outros vilões fixos nem aparecem. Mas claro que eles também atacam juntos em várias ocasiões.
A história como um todo é mais séria. Mas também tem várias piadas bobas espalhadas pelo seriado todo.
Também vale lembrar que o ator Ryosuke Umizu (ou Ryosuke Kaizu, como é mais conhecido), que interpretou o Red Mask em Defensores da Luz Maskman (1987), faz uma participação aqui, como o monstro do capítulo 33.
Bom, talvez o que chame mais atenção em Dairenja é que várias cenas dele foram utilizadas como footage na 2ª temporada de Power Rangers (1994). Principalmente as cenas de luta entre os robôs e os monstros gigantes.
Enfim, foi quase a mesma coisa que já tinham feito com Kyoryu Sentai Jurenja (1992) no ano anterior. Só que menos.
É que os diretores e produtores de Power Rangers acharam a maioria dos vilões de Dairenja muito sem graça pra inspirarem novos vilões de Power Rangers. E em relação aos heróis, só aproveitaram algumas cenas do guerreiro branco do grupo, que passou a ser a armadura branca do personagem Tommy (isso explica por que muito menos cenas foram aproveitadas de Dairenja do que de Jurenja).
Apesar disso, a imagem do Mestre Ogro, vilão principal da 10ª temporada de Power Rangers (2002) foi inspirada na imagem do Imperador Goma XVI, o último vilão a lutar contra os heróis no último capítulo de Dairenja.
Pra encerrar, vou lembrar que os atores Tatsuya Nomi e Koji Naka, que interpretaram respectivamente os personagens Daigo e Kaku, faleceram recentemente (o Koji em 2015 e o Tatsuya em 2017).
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre Dairenja:


E clique aí do lado em ‘sentais’ que você acha posts sobre Jurenja e Maskman.
Até a próxima!

sexta-feira, 23 de junho de 2017

GEORGE UHL

O tcheco George Uhl (também creditado algumas vezes como Gearge Ruhl, Georg Towns, George Jiri, George of Prague, George Rules, Gregor, Iri Uhl, Jiri George, Johan e Mirko) tem trabalhado há quase 20 anos como ator pornô.
Entretanto, os únicos filmes de terror que constam no currículo dele parecem ser Private Gold 91: Evil Geishas Hotel e Ass Vamps, ambos lançados em 2007.
O 1º conta a história de um hotel assombrado por demônios que se manifestam na forma de gueixas sedentas de sexo. E o 2º (embora eu admita que não tenha visto nem encontrado muitas informações sobre esse) parece ser sobre umas vampiras taradas lá.rs
Bom, clique no link abaixo pra ver mais informações sobre o George:




Até a próxima!

segunda-feira, 19 de junho de 2017

MALDITAS ARANHAS

título original: Eight Legged Freaks
título brasileiro: Malditas Aranhas
ano de lançamento: 2002
país: Estados Unidos
elenco principal: David Arquette, Kari Wuhrer, Scott Terra
direção: Ellory Elkayem
roteiro: Ellory Elkayem, Jesse Alexander e Randy Kornfield

Quando um caminhão carregando galões de lixo tóxico passa numa rodovia do Deserto do Arizona, o motorista vê um coelho atravessando a pista. E ao tentar se desviar, causa um pequeno acidente, fazendo os galões caírem no rio ao lado da rodovia.
Perto dali mora um velho criador de aranhas, que vai sempre até o rio procurar insetos aquáticos pra dar de comer aos bichinhos dele. E sem se dar conta da presença das substâncias tóxicas na água, ele repete a sua rotina...
Poucos dias depois, um antigo morador da cidade vizinha, chamado Chris, volta lá pra receber a herança do pai recentemente falecido. Mas não vai demorar a perceber que as questões burocráticas são o menor dos problemas dele, já que a cidade começa a ser atacada por ferozes aranhas gigantes!

Se você é fã de comédias de terror, Malditas Aranhas tem tudo pra agradar você.
Claro que a forma como as aranhas atacam por vezes é fatal. Mas sempre tem um certo nível de humor. E pra dizer a verdade, elas nem chegam a matar tanta gente assim. Ficam muito mais dando gritos e risadinhas intencionalmente ridículas.rs
Os efeitos especiais também são muito bons.
Além do humor, Malditas Aranhas tem aventura, tem um certo nível de suspense e conta uma história com início, meio e fim.
Mas ao contrário do que alguns sites dizem, isso aqui não é uma paródia do clássico de terror Tarântula (1955). É uma comédia vagamente inspirada nele, mas com uma história completamente diferente, exceto por também se passar no Deserto do Arizona e falar sobre aranhas mutantes que ficaram gigantes por causa de substâncias tóxicas.
Desde 2003, surgiu a ideia de fazer uma continuação de Malditas Aranhas. Mas, pelo menos até agora, não rolou.
Pra encerrar, vamos lembrar que Hospedeiros - A Ameaça Interior (2000), outro filme que eu já indiquei aqui, também ficou sob a direção do Ellory Elkayem.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre Malditas Aranhas:


E dê uma clicada aí do lado em ‘criaturas subterrâneas’ que você acha um post sobre Hospedeiros.
Até a próxima!

sexta-feira, 16 de junho de 2017

VINCENT VAN PATTEN

O nova-iorquino Vincent Van Patten é um ator mais de dramas e comédias e participou mais de produções televisivas do que cinematográficas. Mas ele também foi visto em algumas produções de terror.
A estreia dele na área foi em 1971, em 1 capítulo do seriado Galeria do Terror.
No ano seguinte, o Vincent participou como dublador de 2 capítulos do seriado Os Novos Filmes de Scooby-Doo, sucessor de Scooby-Doo, Cadê Você ? (1969).
Em 1981, ele apareceu em Noite Infernal.
Aqui temos uma curiosidade: o personagem do Vincent, chamado Seth, é o único que fica indefinido se morreu ou não.
Ele é atacado de surpresa por um louco deformado que morava numa mansão aparentemente abandonada. E ao ser puxado pra um canto escuro, ele simplesmente não aparece mais daí pra frente, embora se escute um tiro de espingarda depois disso.
Bom, numa 1ª análise, ele morreu, OK. Só que, como acabamos de ver, a morte dele nunca é mostrada nem vemos o cadáver dele depois dessa cena. E no caso de TODOS os outros personagens do filme que morrem, eles sempre aparecem morrendo ou os cadáveres deles são encontrados depois por outro personagem.
Então, também é possível que o Seth tenha sido só ferido pelo vilão.
Bom, em 1991, o Vincent protagonizou o filme Acampamento do Medo.
Clique aqui pra ver mais informações sobre o ator:


E clique aí do lado em ‘aventura’ que você acha posts sobre Noite Infernal e Scooby-Doo.
Até a próxima!

quarta-feira, 14 de junho de 2017

VICTOR DE SOUSA

O português Victor de Sousa é um ator basicamente de dramas e comédias, principalmente em produções televisivas. E a única produção de terror em que ele se envolveu até hoje foi o filme Cartas de Amor de Uma Freira Portuguesa (1977).
Se trata de uma coprodução Alemanha/Portugal/Suíça, embora tenha sido toda filmada em Portugal. E mostra uma garota que, no final da Idade Média, é forçada a entrar pra um convento, descobrindo que as coisas vão ser ainda piores do que ela imaginava: os administradores do convento na verdade são uma seita de satanistas disfarçados de católicos!
Depois de ser torturada e estuprada pelos adoradores do diabo, a garota é resgatada do convento. Só que as coisas ainda conseguem ficar piores: ela é entregue à Inquisição e acusada de satanismo, sendo condenada a morrer na fogueira!
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre o Victor:


Até a próxima!

segunda-feira, 12 de junho de 2017

THE SON-IN-LAW & THE SON-IN-LAW PART II

título original: The Son-in-Law
título brasileiro: inexistente (inédito no Brasil)
ano de lançamento: 2012
país: Estados Unidos
elenco: Adam Russo e T. J. Handler
direção e roteiro: sem registro














título original: The Son-in-Law Part II
título brasileiro: inexistente (inédito no Brasil)
ano de lançamento: 2012
país: Estados Unidos
elenco: Adam Russo e T. J. Handler
direção e roteiro: sem registro

Um dia, o jovem T. J. vai falar com o coroa Adam. Ele quer pedir a filha dele em casamento.
O Adam não faz nenhuma objeção. Mas diz que o rapaz tem que cumprir algumas provas pra ser aceito como genro.
Primeiro, o TJ tem que massagear os pés do futuro sogro. Depois, tem que lamber os pés dele. E depois... Ih!

The Son-in-Law, nunca foi lançado comercialmente no Brasil. Mas é um média-metragem de 41 minutos.
Foi lançado em 2012 e, logo depois, foi seguido por uma continuação: o curta-metragem de 34 minutos The Son-in-Law Part II, que segue a mesma linha do 1º.
A ficha técnica de ambos os filmes é que é meio difícil de identificar. Eles são produções da Man Handled feitas pra Internet mesmo. Mas não encontrei nenhum registro de nome do diretor nem do roteirista dos 2 filmes.
E pra encerrar, aquela velha sugestão que eu faço sempre: se você gosta desse tipo de filme, procure e veja; se não gosta, simplesmente ignore.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre os 2 filmes:


Até a próxima!

sexta-feira, 9 de junho de 2017

TONY RAMOS

O brasileiro Tony Ramos é lembrado antes de tudo pelas várias e várias novelas de que já participou. E uma delas, inclusive, é vista por alguns como uma novela de terror light: Olho no Olho (1993).
Acredito que também não seja novidade pra ninguém que ele tá no ar atualmente com a comédia de terror Vade Retro.
Mas em 1971, o Tony já tinha participado de uma comédia de terror. Se trata do filme Diabólicos Herdeiros.
E em 2001, ele apareceu no filme Bufo & Spallanzani, que é creditado pelo IMDB como “horror”, embora, a meu ver, aquilo não seja um filme de terror.
Acredito que Bufo & Spallanzani tenha recebido essa classificação por causa de algumas cenas splatter, como a polêmica cena da castração/autofagia.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre o Tony:


Até a próxima!

quarta-feira, 7 de junho de 2017

TONY GOLDWYN

O californiano Tony Goldwyn estreou no cinema em Sexta-Feira 13 - parte 6: Jason Vive! (1986), ou, se preferirem chamar assim, o 6º filme do Jason Voorhees. E ele já começou com um personagem que foi trucidado pelo Jason no meio de uma floresta de madrugada.
Mas o personagem mais marcante dele sem dúvida nenhuma foi o vilão Carl, de Ghost (1990). E esse teve igualmente uma morte violentíssima, levando o vidro de uma janela quebrada pelo meio da barriga e tendo assim o estômago arrebentado.
Pensam que acabou? Depois disso, o espírito do Carl foi arrastado pro Inferno por uma legião de demônios das sombras!
Embora esses sejam os personagens do Tony que mais apareceram relacionados ao terror, ele também teve presente em outras produções do gênero:
Em 1991, ele apareceu em 1 capítulo do seriado Contos da Cripta.
Em 1994, o Tony foi visto no filme Vault of Horror I.
Em 2009, ele teve no filme A Última Casa.
Em 2012, o Tony apareceu em 1 capítulo do seriado de terror Uknown.
E em 2016, ele foi visto em The Belko Experiment.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre o Tony:


E dê uma clicada aí do lado em ‘slashers’ que você acha um post sobre Sexta-Feira 13 (1980) e suas continuações.
Até!

segunda-feira, 5 de junho de 2017

BATMAN XXX: A PORN PARODY

título original: Batman XXX: A Porn Parody
título brasileiro: inexistente (inédito no Brasil)
ano de lançamento: 2010
país: Estados Unidos
elenco principal: Dale DaBone, James Deen, Lexi Belle
direção e roteiro: Axel Braun

Enquanto o milionário Bruce e seu amigo Dick jogam xadrez na mansão onde moram, a namorada do Bruce é sequestrada pelo Charada, um dos bandidos mais procurados da cidade.
Embora a garota faça umas ‘brincadeirinhas’ com o vilão pra tentar convencer ele a soltar ela, o vilão, depois de ter o que queria, não quer saber e entra em contato com a polícia pra pedir resgate.
E a polícia chama os heróis Batman e Robin, ninguém menos do que o Bruce e o Dick disfarçados, pra resolver o problema.
Enquanto eles vão procurar pistas num prostíbulo da cidade, pois percebem que o Curinga, que é o cafetão ali do prostíbulo, foi o mandante do sequestro, a Batgirl ouve falar do que tá havendo e vai ajudar os heróis. Mas como ela encontra o Robin sozinho (o Batman foi capturado por uma prostituta que drogou ele e agora tá vendo o que ele tem por baixo dos panos), a Batgirl resolve fazer umas ‘brincadeirinhas’ com o menino prodígio pra se distrair.
Só que, com o barulho, eles atraem os capangas da Mulher-Gato, que revela que tava mancomunada com o Charada e o Curinga pra pegar os heróis.
Conseguirão a dupla dinâmica e a Batgirl escapar dessa emboscada?

Bom, não preciso explicar muito sobre o que é Batman XXX: A Porn Parody, porque o próprio nome do filme já deixa bem claro, né?rs
Mas posso dizer que esse filme se prende mais à imagem típica que os personagens ligados ao Batman tinham nos anos 60. Inclusive, tem aquelas cenas em que, quando um personagem dá um soco no outro, aparece o som que o soco faz escrito: “CRASH!”, “POW!” e adjacências.
Pra um filme pornô, até que Batman XXX é bem cuidadinho. Tem até figurantes que não entram nas cenas de sexo, efeitos especiais bons (dentro do que se pode esperar de um filme desse gênero, é claro) e até que as interpretações dos atores convencem.
Funciona até melhor como uma comediazinha de aventura do que como um filme pornô, porque eu achei as cenas de sexo meio fraquinhas.
Batman XXX teve 2 continuações, com outros elencos (2012 e 2015).
E pra encerrar, vou lembrar que o Axel Braun também dirigiu outro filme que eu já indiquei aqui: This Ain’t Ghostbusters XXX (2011).
Clique aqui pra ver mais informações sobre Batman XXX:


E clique aí do lado em mini-monstros que você acha o post sobre This Ain’t Ghostbusters XXX.
Até a próxima!

sábado, 3 de junho de 2017

JACK LAWRENCE

Embora o belga Jack Lawrence (também creditado algumas vezes como Steve Crest) seja mais conhecido pela sua vasta carreira como ator pornô, ele também costuma trabalhar em produções convencionais. Tanto como ator quanto como dublê. E algumas dessas produções foram de terror.
Como ele já foi policial na vida real, em quase todos esses filmes e seriados ele interpretou um policial.
Em 2008, o Jack apareceu em Not Bewitched XXX, que é uma paródia do seriado A Feiticeira (1964) e que só tem lá um terror light.
Em 2010, ele foi visto no filme Half Moon.
No ano seguinte, o Jack teve no filme de terror pornô Scream XXX: A Porn Parody.
Em 2012, ele participou das comédias de terror John Morre no Final e HIS Dracula e também de 1 capítulo do seriado Ward 18 e em 3 capítulos do seriado 1000 Formas de Morrer (nesse último caso, como ator & como dublê).
No ano seguinte, o Jack protagonizou Shadow of a Stranger e também apareceu em Crawlspace e também na comédia de terror Cool Cat Finds a Gun.
Em 2014, ele foi visto em Fason Nou, no curta-metragem de terror Semblance e também na comédia de terror After School Massacre.
No ano seguinte, o Jack teve em Crack House of the Dead e também na comédia de terror Cool Cat Saves the Kids.
E ele também aparece em algumas imagens do videogame Daemon 9, lançado em 2013.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre o Jack:


Até a próxima!